Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Reparo no vento















Reparo no vento
para onde será que ele vai?
Se me levasse aonde tu moras,
Certamente eu iria atrás.
Em noites lindas
Eu fico a pensar,
Será que a lua
brilha sozinha
Ou és tu que a faz brilhar.
Ah! Se eu pudesse imaginar,
Tudo o que tu pensas
Ou sempre irás gostar.
E... se eu pudesse entender,
O que te faz sorrir
Eu sempre ia fazer.
É que eu vim dizer-te
Mil poesias só para ti.
E se de alguma gostar
Outras mil eu posso compôr.
E se tocar em ti
Outras mil eu posso fazer.
Reparo no vento
E para onde será que ele vai?
Se me levasse pelo mundo inteiro,
Certamente eu iria atrás.
Hoje acordei tão cedo
E fui ver o sol chegar.
Será que ilumina o mundo inteiro
Ou só existe pra te iluminar.

ALICE BARROS



Sem comentários:

Enviar um comentário