Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Colhendo uma flor de jasmim para te entregar!


Colhendo uma flor de jasmim para te entregar! 

A noite cai rapidamente,
o mundo lá fora vive apressadamente
as pessoas aos encontrões
caminham ao som dos seus ritmos e emoções.

Tudo fica tão vago, nos rostos
apenas vejo a avidez de viver
seja de que maneira for,
o egoísmo explode nos sentidos.

Já não se pára para olhar ao redor,
fecham-se os olhos do coração
para se abrir as janelas da escuridão,
e lá no fundo nem o gelo derrete
porque a indiferença é filha
da auto-comiseração.

Sobem-se as escadas do pensamento,
e bem no cume lá está o cinza do lamento
desce o verde da esperança, cheio de confiança
e no coração o vermelho das flores do jardim,
vai bombeando o sangue carmesim.

Nesta doce e feliz certeza de que hoje amanheci,
colhendo uma flor de jasmim para te entregar
no branco suave, o perfume leva-te um recado,
bem do fundo do meu coração.

Neste ar impregnado de odores repleto de amores
a explodir a vida nesta brancura que emerge
nestes dias de paz e bravura, nesta pérola
que do jardim se fez jasmim para te adornar
a vida de flores de ti e de mim.

Autor: Alice Barros


Creative Commons License
Atelier de jesus by Alice Barros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Sem comentários:

Enviar um comentário