Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

Elevo os meus olhos para o céu , de onde vem o meu socorro!

sábado, 30 de Outubro de 2010

O amor enche de orvalho o jardim dos meus olhos




O amor veio beijar-me,
nesta manhã de domingo
onde tudo para mim brilha
com a sua doce presença.

Trouxe-me rosas brancas,
no rosto um sorriso,
ficamos ali a conversar
de mãos dadas...

Os olhos traziam a ternura
com que me veste a alma,
sempre que me toca com o olhar.

O amor toca-me com doçura
vem com a maciez e a ternura
dos anos, fazer-me reviver
momentos que conquistamos
com a cumplicidade a derramar
em cada olhar.

O amor veste-me os dias de alegria
no sorriso traz-me a esperança,
nos braços traz a vida,
da sua vida, na minha vida...

O amor enche de orvalho
o jardim dos meus olhos,
as pétalas do meu olhar,
caiem perfumando o amor
em cada ternura vertida.

As mãos, as mãos completam
o que os olhos dizem
suavemente em cada gesto.

O amor, visita-me e dá-me
tudo o que eu quiser,
basta que o ame e ele também.

Alice Barros

Creative Commons License
Atelier de jesus by Alice Barros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Sem comentários:

Enviar um comentário